quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Dueto The Hives e Cyndi Lauper

The Hives e Cyndi Lauper num "Christmas Duel"

domingo, 25 de dezembro de 2011

Spiral of Silence

Bélgica

Membros:

Tom Van Troyen (voz, baixo),
Gert Moerenhout (guitarra),
Jeroen Nuyts (teclas),
Achiel Keppens (bateria).

Ex-Membros:

Johan Gies (guitarra) (90-93),
Bart Auwaerts (guitarra) (93-94),
Jenny Dedoncker (teclas) (94-95).

A história da banda começou em Agosto de 1990 em que um grupo de amigos formou uma banda chamada Theatre of Pain. Fortemente influenciados pelos Joy Division e Bauhaus, a banda fez algumas actuações na Bélgica durante alguns anos. A 1ª demo « Theatre of Pain» foi gravada em 1993, a demo teve algum impacto e a musica “Beautiful Money” chegou a ser conhecida em algumas rádio em Itália.
No fim de 1993, o guitarrista Johan Gies foi substituido por Bart Auwaerts. Este novo elemento teve grande influência na banda, o seu som era bastante característico e os Theatre of Pain renasceram. A banda ficou mais madura e através de Bart e do uso de sintetizadores criaram um som muito próprio.
Infelizmente dia 01 de Novembro de 1994 Bart suicidou-se com 18 anos. A banda perdeu então não só um a amigo como um músico quase insubstituível. Apesar disso decidiram continuar mudando o nome da banda para Spiral of Silence. Jenny Dedoncker juntou-se então à banda e passou a ser o sintetizador a tempo inteiro.
O nome "Spiral of Silence" derivou de uma teoria de Noëlle Neuman's. A teoria diz que a sociedade copia sempre a opinião do seu líder e que a sua própria opinião desvanece numa espiral de silencio…

Discografia:

«Theatre of pain», 1993
«Connection», 1995
«Leap», (CD, Album), Energeia, 1998
«Unreleased», CD - Promo, 1998
«Seed dump», 2002
«Decadent», (CD, Album), Purple Moon Records, 2002



Fonte e mais informações: [bdamd.com], Blog Return To The East, Blog Injection 666

Also

Kiel, Alemanha

Membros:

Alexander Schmidt,
Oliver Gnass,
Tine Warmhold

Discografia:

«Sisyphos», 1990
«Wonderful Day», Not On Label (Also Self-released), 1992
«The Void Is Calling», No Control Torture, 1993
«Cold Rooms», Not On Label (Also Self-released), 1994
«Vincent Price's Favourite Torture Songs», Not On Label (Also Self-released) 1995
«Wraiths», Not On Label (Also Self-released), 1997
«Fragments and Illusions», 2001



Fonte: Blog The Cold Tears, Blog Buried and Gone, Discogs, Blog Tears and Dreams 7" & 12"

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Violette Nozière

Rouen, França.

(1981-1984)

Membros:

Pascal Grimbet (teclas),
Christophe Magniez (baixo),
Bruno Simoni (guitarra),
Hervé Tirilly (voz).

Discografia:

«La Dame En Noir», (12"), VN Records, 1984



Fonte: Discogs, Myspace, 7" From The Underground

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Death In Venice

Veneza, Itália

Membros:

Dalibor Laginja (guitarra),
Sebastian Russo (voz),
Marco Bianchi (bateria),
Delio Bauduzzi (teclados),
Angelo Russo (baixo).

Discografia:

«Deca Dance»,(K7), Not On Label (Death In Venice Self-released), 1983
«Presence In Absence», (12", EP), Contempo Records, 1985
«Paroxismós»,(12"), Contempo Records, 1986



Fonte: Site Italiano, Blog Radio Molotov, Blog Twilight to the Mortal

sábado, 5 de novembro de 2011

End Of Your Garden

Dinamarca

Membros:

Benny Woitovitz (voz e guitarra),
Jan Laursen (voz e orgão),
Jens Bønding (violino e coros),
Jens Valo Danielsen (baixo),
Niddu Nihil (bateria).

Discografia:

«Celebration», (7"), Replik Muzick, 1981
«Test», (7"), Replik Muzick, 1982



Fonte: Discogs, Blog bX-59cppw, Blog Return To The East

Alive She Died

Atenas, Grécia.

(1983 - 1987)

Membros (1983-1987):

Daphne Gerogianni – voz,
Giorgos Ginis – teclas,
Xenophon Xenios – teclas,
Tina Gouti – baixo,
Fwntas Xenios – teclas,
Giorgos Boussounis – teclas, baixo,
Giorgos Kolliopoulos – bateria,
Iraklis Anastassiadis – guitarra, 1985 – Verão de 1987.

Banda eletrónica/minimal formada em Atenas em 1983. O seu primeiro concerto foi num clube de Atenas chamado Pegasus em 01-03-1985. Depois de alguns dias mais tarde lançaram a 1ª demo tape intitulada «Viva Você». Esta K7 foi o único registo oficial deles gravado. Em alguns estúdios existe algum material deles gravado para além do único e obscuro concerto no Pegasus. Depois de se separarem em 1987 alguns membros dos Alive She Died formaram o grupo chamado Trespass.

Discografia:

«Viva Voce», K7, Alive She Died Self-released, 1985.



Fonte: Facebook da banda, Blog Different Illusion

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Avant-Garde

Itália, Roma.

(1994 - presente).

Membros actuais:

Alessio Schiavi (guitarra, voz, programação),
Alessandro Conte (baixo),
Viviana B (piano, sintetizadores, teclas).

Banda criada em Roma no ano 1994 por Alessio Schiavi. A ideia era introduzir os sons clássicos dark-wave mas com sonoridades actuais sem perder a sua essência original. O festival gótico "Ascension of the gods" em 1997 deu à banda uma chance de ser mais conhecida em Itália. Em 1998 a faixa "Morendo" foi incluída na compilação «Intimations of immortality, vol. IV» produzida pela label italiana Energeia.
Um EP homónimo da banda foi produzido em 1999 por Krylon Records. De 2002 a 2004 a banda transformou-se no projecto a solo de Alessio. Durante este periodo o primeiro álbum da banda intitulado “Cyanure” foi lançado com uma nova editora italiana , a GB Productions. Nesta altura Alessandro Conte tomou as rédeas do baixo e Antonio M. passou a ser a 2ª guitarra.
Em Março de 2007 lançaram o EP, "D'inverno” e mais tarde o album "Iron in flesh" pela In The Night Time Records (4 de Abril de 2008).
A banda actuou em vários eventos na Europa e em Itália entre 2006 e 2009 assim como foram suporte de bandas como os Red Lorry Yellow Lorry, Mark Burgess, Cinema Strange, White Rose Movement, And Also The Trees.
Em 2010 um novo alinhamento da banda provocou outras sonoridades...Viviana B. com os seus sintetizadores substituiu a 2ª guitarra logo a banda tomou uma 2ª direcção.

Discografia:

«Avant-Garde», (12", S/Sided, EP), Avant-Garde Self-released, 1999
«Cyanure», (CD, Album), GB Productions, 2004
«D'Inverno E.P.», (CDr, EP, Ltd), Avant-Garde Self-released, 2007
«Iron In Flesh», (CD, Album), In The Night Time, 2008



Fonte: Site Oficial da Banda, Blog Gothic-Rock 2009

sábado, 24 de setembro de 2011

Chromagain

Turim, Itália.

Membros:

Luca Pastore (baixo, guitarra, sintetizadores)
Silvio Ferrero (teclas)
Davide Bassino (voz).

Grupo italiano Dark Wave/Minimal/Electronic. Lançaram apenas um Mini-Lp intitulado «Any Colour You Like» em 1985. Outras faixas da banda foram lançadas em compilações como «Tracce» (Shirak, 1984) e «TiDicoDemo» (No Label, 1985).

Discografia:

«Any Colour You Like», Supporti Fonografici, 1985



Fonte: Discogs, Blog 7” From The Underground

Flowers For Agatha

Leeds, Inglaterra.

1980 - 1986

Membros:

Jon Roberts (voz e guitarra),
Jeremy Dyson (teclas),
Jon Hayes (baixo),
Glen Barker (bateria).

Formados por Jon Roberts que para além de ser o vocalista tocava também guitarra, chamaram-se Bleeding Hearts antes de adoptarem o nome de Flowers For Agatha. Entre outros elementos da banda estava Jeremy Dyson (teclas) que mais tarde fez parte da equipa que escreveu "The League of Gentlemen".
Fizeram a 1ª parte dos The Cult num concerto em Maio de 1984.

Discografia:

«The Thickest Head», (7"), Off Beat Records, 1985
«The Freedom Curse», (12"), Leeds Independent Label, 1985
«Young Foolish Old & Stupid», (12"), Leeds Independent Label, 1986



Fonte: Wikipedia, Discogs, Blog The Pos-Punk 80's Underground, Phoenix Hairpins

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Happy Birthday to me....

2 anos! A todos que me seguem, dão conselhos, criticas qualquer coisa, muito obrigado! Tenho andado um bocado afastada devido a mudança de emprego, férias...mas prometo que em setembro estou de volta!


quinta-feira, 28 de julho de 2011

Dueto Peter Gabriel e Elizabeth Fraser

Do álbum de Peter Gabriel «OVO» de 2000, musica "Downside-Up".

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Rosegarden Funeral

Yorkshire, Inglaterra.

Meados dos anos 80.

Banda Gótica/New Wave britânica que existiu nos anos 80, bastante desconhecida. Mesmo na net difícil arranjar informação sobre eles. Têm apenas uma demos intitulada «A Book Of Dead Names» que lançaram com um livro que é uma autêntica obra de arte, a capa inspirada na Divina Comédia de Dante.
Só consegui encontrar um nome relacionado com a banda, Richard Jackson.

Discografia:

«A Book Of Dead Names», 1986.


Fonte e mais informações: Blog Hidden Pleasures, Blog Return To The East

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Dueto Stuart Staples e Carla Torgerson

Musica "Travelling Light" do album «Tindersticks» de 1995. Dueto com Carla Togerson dos Walkabouts.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Voz Propia

Santiago de Surco, Lima, Peru.

(1985 – Presente)

Membros:

Miguel Ángel Vidal (voz, guitarra, teclados),
Carlos Tabja (baixo, coros),
Ramón Escalante (guitarra, teclados),
Raúl Loza (bateria).

Miguel Ángel Vidal fundador dos Voz Propia foi um dos muitos membros da chamada “Movida Subterrânea” de Lima. Formou a banda em 1985 sob o nome de Vox Propia, para logo mudar para o actual nome. Deram o seu primeiro concerto em Junho de 1986 na Faculdade de Comunicação da Universidade de Lima. Em Outubro do mesmo ano, o destacado músico Miki González produz-lhes um tema "Espejo Quebrado" para um possível contracto com a editora CBS/Columbia à qual pertencia González. Em Janeiro de 1986 começaram a gravar temas que iam compor a sua 1ª K7 «El Ingreso» lançada em Fevereiro desse ano. Nessa altura a banda era composta por Nilo Velarde (guitarra), Carlos Magán (baixo), Ulises Quiroz (bateria) e César Cornejo (teclados) para além de Miguel Aangel Vidal.

Discografia:

«El Ingreso», (K7), 19987
«No Puedo Irme», (K7), 1988
«El Sueño», (K7), 1990
«Hastío», (K7), 1993
«Los Días y las Sombras», (CD), 1997
«Ave De Paso», (CD), 2001
«Hamlet», (CD), 2003
«El Manifesto», (CD), 2006
«The Game Is Over», (CD), 2011



Fonte e mais informações: Wikipedia, Blog Gothic Rock, Blog El Sendero Oscuro, Blog Madruguemos Al Tibu, Blog Rock Peruano

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Dueto Trent Reznor e Peter Murphy

Dueto Trent Reznor e Peter Murphy para radio broadcasts (2006), musica "Sanity Assassin"

Le Masque

Milão, Itália.

Membros:

Edgardo Moja Cellerino (voz e guitarra),
Luigi Vigentini (baixo),
Carlo Buongiovanni (teclas),
Ausonio Calò (saxofone e clarinete),
Tiberio Buoncristiano (bateria e precursão),
Guyenne Vinkenborg (oboé).

O grupo foi fundado em Milão em 1979 por Tiberio Boncritiano e Edgardo Moja Cellerino, ainda membros do grupo. O nome foi tirado do poema “Fiori del male" de Baudelaire.
Em 1984 gravaram o 1º LP intitulado «The Happy Flock» com 3 músicas cantadas em inglês, 3 anos mais tarde começaram a cantar na sua língua natal que claramente se adequava mais à atmosfera musical que seguiam.
Em 1986 o seu 2º lançamento «Colloquio» continha 3 musicas com a letra da musica principal ser retirada de um poema “Un giorno" de Carlo Vallini, escrito em 1906 que juntamente com Gozzano e Corrazzini está no grupo de fundadores do movimento poético italiano do inicio do séc. XX. Em Novembro deste ano participaram num festival de bandas independente que foi transmitido no programa "Stereodrome" na Rai Stereouno. Chamaram assim a atenção da EMI que lançou o seu álbum de 1990, «Il Sig. Gustavo Coscienza» produzido por Angelo Carrara. Entre mais 3 álbuns, o ultimo de originais saiu em 2003, «Gli anni di Globiana».

Discografia:

«Trouvailles Pour Comediens», (K7, S/Sided), Not On Label, 1983
«The Happy Flock», (LP), Mask Productions, 1984
«Colloquio», (LP), Supporti Fonografici, 1986
«Il Signor Gustavo Conscienza», (LP, Álbum), Target Music, 1990
«La Memoria Di Venere», (LP, Álbum), Target Music, 1991
« Le Masque », (CD, Album), No Way Records, 1995
«Dandies», (CD, EP) Sony Music Entertainment (Italy) S.p.a., 1997
«Dal Diario Di Un Sofflatore Vetro, (Cd – Compilação), Fuoco Records, 1998
« Gli anni di Globiana», (CD, Album) Snowdonia, Audioglobe 2003
«Fu Languore», (CD, MiniAlbum) Oltrelanebbiailmare 2011



Fonte: Blog Pinzilacchere Musicali, Blog Schwebeablaut , Blog Capa Nostra Syndicate, Blog Venus + On, Discogs

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Dueto Adolfo Lúxuria Canibal e Marisa Liz

“Estrela da tarde” , Adolfo Luxuria Canibal e Marisa Liz presente no album dos Amor Electro,«Cai o Carmo e a Trindade» de 2011.
Estrela da Tarde é uma composição de Fernando Tordo com letra do poeta (já falecido) José Carlos Ary dos Santos (7.Dez.1936/18.Jan.1984).
A canção foi interpretada pela primeira vez por Carlos do Carmo, no XIII Festival RTP da Canção 1976 (ficou em segundo lugar, perdendo para Uma flor de verde pinho).

The Fallout Club

Membros:

Matthew Seligman (baixo),
Paul Simon (bateria),
Thomas Dolby (teclas, voz de fundo, produtor),
Trevor Herion (voz, design).

Banda Britânica com pouco tempo de vida, Dolby seguiu uma carreira de sucesso a solo, Simon foi trabalhar com Glen Matlock, Seligman juntou-se aos Thompson Twins (que contaram também com uma breve colaboração de Dolby) e Herion que seguiu também uma carreira a solo mas sem sucesso com o lançamento do seu album «Beauty Life» em 1983. Morreu pouco tempo depois em 1988.

Discografia:

«Falling Years», (7", Single), Secret 1980
«Dream Soldiers», (7"), Happy Birthday Records, 1981
«Wonderlust», Happy Birthday Records



Fonte: Discogs, Blog Down With Tractors, Blog bx-59cppw, Blog Different Ilusion

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Dueto Maria de Medeiros e Legendary Tigerman

"These Boots Are Made for Walkin" é uma canção de música pop composta por Lee Hazlewood e originalmente gravada por Nancy Sinatra para seu álbum «Boots». Lançada como compacto simples em Fevereiro de 1966, a canção atingiu o topo em vários países. Considerada, ao lado de "Respect", uma das primeiras canções feministas da história, "These Boots Are Made for Walkin'" foi regravada por vários artistas nos mais variados géneros musicais.” Em 2009, foi lançada esta versão no álbum «Femina» de Legendary Tigerman com a interpretação da actriz Maria de Medeiros.


sábado, 18 de junho de 2011

Villa 21

Atenas, Grécia

(1981 – 1991)

Membros:

Kostas Pothoulakis (voz, guitarra),
Ada Lambara (guitarra, teclas),
Solon Stathopoulos (baixo),
Babis Dalidis (bateria).

No final de 1981, Kostas Pothoulakis (ex membro dos The Reporters e dos Parthenogenesis) juntamente com Anta Labara formaram os Villa 21.
A primeira actuação ao vivo foi no Club Sofita em 1982. Em 1984 fizeram a 1ª parte do concertos do Nick Cave and The Bad Seeds. Também da editora Creep Records, lançaram o primeiro single «Move» em 1983 e no mesmo ano o LP «A Ghost On The Move». Também participaram na compilação «World Class Punk» da Roir Records.
A banda acabou em 1991 e em 1993 Kostas Pothoulakis morreu num acidente de automóvel.

Discografia:

«I See No ! / The Dream», (7", Single), Creep Records, 1982
«Move», (7", Single), Creep Records, 1983
«A Ghost On The Move» , (LP, Album), 1983
«Men Of Clay», (LP, Album) Creep Records, 1985
«Electric Poison», (LP, Album + 7", Ltd), Wipe Out! Records, 1987
« House Of The Damned E.P», (12”, EP), Wipe Out! Records, 1988
«Hellucinations», (LP, Album), Penguin, 1990



Fonte: Greek Post-Punk Blog, Discogs, Tape Recorder Blog, Vertigo 73 Blog, Hidden Diaries Blog, Capanostra Syndicate Blog

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Dueto John Travolta e Olivia Newton

Musica "You're The One That I Want" da banda sonora do filme Grease de 1978.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Headleaders

Atenas, Grécia.

Membros:

Zozef Baselie (bateria e voz),
Spiros Faros (baixo),
Dakis Halkiopoulos (guitarra e voz).

Banda formada em Atenas em 1981.
Lançaram apenas um EP em 1982 e um LP em 1983, ambos pela Creep Records.
O baixista, Spiros Faros esteve ligado a outras bandas como os Rehearsed dreams e os Yell-O-Yell.

Discografia:

«Voices», (7", Single), Creep Records, 1982
«What It Means To Me», (LP, Album), Creep Records, 1983



Fonte: Discogs, Pirate Industry Blog, Oskura Hermandad Blog

terça-feira, 14 de junho de 2011

Yell-O-Yell

Atenas, Grécia

Membros (1982)

Vaggelis Kazilieris (bateria),
Haris Kirkilis(baixo),
Filotas “Fill Scars” Vaskalis (guitarrista e vocalista).

Banda grega formada em 1982 em Atenas. Considerada uma das mais negras bandas pós-punk da Grécia na altura. Foram a primeira banda a assinar pela lendária Creep Records. Entre 1982 e 83 lançaram o 7”, « Shoot The Truth» com 3 faixas e um mini LP intitulado «Funtime». Em 1984 lançaram o LP « Hello Hell» e em 1986 o LP «XIII-13» já pela Smash Records. Spyros Faros juntou-se à banda nesta altura (tocou também em bandas como: Rehearsed Dreams, Headleaders, Spider’s Web, Raw).No LP «XIII-13» foi Andreas Ferdianakis, ex-membro da banda punk Ex Humans e mais tarde membro dos South of No North . O vocalista morreu em 1993 com uma overdose.

Discografia:

« Shoot The Truth» , (7", Single) Creep Records, 1982
«Fun Time», (12", MiniAlbum), Creep Records, 1983
«Hello, Hell!», (LP, Album), Creep Records, 1984
«XIII - 13», (7", Single) Smash Records, 1986



quinta-feira, 2 de junho de 2011

Dueto The Penelopes & Chloe Delaume

Musica "Je t'aime tant" está presente pelo menos no 2ª CD da Compilação «Des Juenes Gens Modernes» de 2008. Cover do grupo electro-pop francês dos anos 80, Elli & Jacno.


quinta-feira, 26 de maio de 2011

Dueto Grinderman e Matt Berninger

Remix da musica "Evil" que saiu no single «Evil», Mute Records de 16 de Abril de 2011. Grinderman, projecto liderado pelo Nick Cave e o vocalista dos The National, Matt Berninger.


sexta-feira, 20 de maio de 2011

El Luto Del Rey Cuervo

Saragoça, Espanha.

1997 – presente.

Membros iniciais:

Carlos (baixo),
Óscar (baixo),
Sérgio (guitarra),
Jesús (bateria),
María (voz).

No início de 1998 lançaram um CD com 7 temas «El Luto del Rey Cuervo». Este primeiro trabalho teve uma resposta muito boa do público espanhol, ficando ligados a um estilo de música mais gótico – darkwave. Entraram com o tema “El Vals de los Mentirosos” numa compilação italiana «Strorm The Palace:Worms A.D. MCXVII», ficando assim conhecidos no publico internacional.
Nesse ano houve também alterações na banda, Carlos passou a guitarrista e Raul substituiu Óscar no baixo. Sérgio abandonou a banda que passou só a ter 4 elementos.

Discografia:

«El Luto Del Rey Cuervo», CD, 1998
«Tempestad Y El Rey Peste», EP
« Walking To Alepo», EP



Fonte: LastFM, Blog The Black Light Districts

quarta-feira, 18 de maio de 2011

sábado, 14 de maio de 2011

Dream Affair

Brooklyn, NY, USA.

2009 - presente

Membros:

Hayden Payne (voz, guitarra),
Abby Echiverri (sintetizadores, Vozes),
Frank Deserto (baixo).

Grupo formado por Hayden Payne, agora membro também dos Automelodi e ex Void Vision. Para além de Payne influenciar claramente o estilo da banda, Frank Deserto (Chameleons Vox, Revel Hotel e The Hunt) tem um forte contributo. Frank está ligado à Wierd Records através do projecto Automelodi e levou os Dream Affair a uma das festas da Wierd Records em New York City, fazendo a 1ª parte dos The Chameleons.

Discografia:

«Endless Days», (Album), 2011
«All I Want», (EP), 2010



Fonte: Site da banda, Myspace, Blog Future Indie Music

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Dueto Siouxsie e John Cale

Musica "Murdering Mouth".

sexta-feira, 29 de abril de 2011

December Flowers

Sherman Oaks, Califórnia, USA

1988-1991

Membros:

Seth Miller (voz, guitarra),
Michael Hammond (voz, guitarra),
Steve Shannon (baixo),
Keith Wellings (guitarra),
C.J.Erickson (bateria).

Banda criada por Seth Miller em 1988 (vocalista e guitarra ocasionalmente). Tocaram durante 2 anos, gravando para Charles Bouis baterista dos Human Drama. No seguimento deste contacto começaram a trabalhar com Johnny Indovina na possibilidade de gravar um álbum que nunca saiu.
Acabaram devido a divergências e Seth juntou-se a Johnny com quem gravou algumas canções e tocou. Mais tarde Seth criou o seu próprio projecto "The Burnning World" e trabalha com Stevyn Grey e William Faith. Hammond tem uma banda chamada The Quartering Sea. Steve tem uma banda chamada Rot 13 sob o nome de Grim Ghastly. C.J. Eiriksson juntou-se aos Human Drama como baterista.

Discografia:

«Your Love Will Bury Me», (Cass, Single), Blossom Records, 1991



Fonte: Discogs, Myspace, Blog Tears and Dreams

Seventh Séance

Londres, UK

Membros fundadores:

Winston Detleiv (guitarra e voz),
Steven Humphreys (bateria e percussão).

Saídos da banda gótica/punk, The Orange Cardigan, de Londres, em 1982 lançaram 2 k7 e um EP. Após algum tempo Steve decidiu que queria fazer outros projectos. No entanto Winton decidiu trabalhar com o seu irmão Ian e mais dois amigos, Peter Collins (bateria) e Garfield (saxofone). Lançaram um segundo E.P. «I Could Forget Myself » em Outubro de 1983. Este alinhamento da banda nunca se apresentou ao vivo.
Wintow juntou-se com Marc(Almond) e o violoncelista dos The Mambas, Martin Mc.Carrick e Bill McGee. Winton chegou a juntar-se aos Mambas para um concerto de despedida em Dezembro de 1983 em Londres, para além de ter feito alguns concertos com Martin e Bill numa encarnação dos Seventh Séance. Em Março de 1984 saiu outro EP « Another Empty Face».
Após ter gravado um álbum com material dos Seventh Séance (nunca lançado), Martin e Bill juntaram-se a Steven Humphreys e Marc Almond na nova banda de Marc.
Ficando a solo Winston formou uma nova banda Seventh Séance com um novo alinhamento, Richard Spyers (baixo) e Chris Calvert (bateria). Este trio fez alguns concertos no reino Unido e lançou duas k7. Entretanto Winton começou a ser DJ num clube de Londres chamado “Velvet Goldmine”. Precisando de uma banda a tocar ao vivo, nasceu então a banda Clockwork Orange, tocando covers dos Velvets, Bolan, Stooges, Bowie, Doors, Stones e até de Sinatra. Apesar de ter sido inicialmente uma brincadeira, a banda ganhou alguma popularidade e começou a dar concertos em Londres e no Sul de Inglaterra. Quando a imprensa começou a ter interesse na banda lançaram em 1986 «Wake Up! Time To Die», um EP com 3 canções e em 1987, «Kissing the Skylight».
Depois de saídas dos membros da banda para outros projectos, Winston juntou-se com Mr Russell Nash. O duo chamado the Lightning Call começou a dar alguns concertos em clubes de Londres, lançaram um EP «Lightning 1» em 1990 e assinaram um contracto para organizar o East London Green festival. Para além deste festival que durou 4 anos entre 1989 e 1992 , estavam encarregues da Companhia de Teatro Black Horse em Camden Town, Norte de Londres. Apareceram em algumas peças e para além disto Winston estava também envolvido na Tower Hamlets College (THC) Alternative Media Productions, principalmente durante a Guerra do Golfo numa campanha anti-guerra.

Discografia:

«Ritual », EP, (1982 Icon Music)
«The Incision», EP, (1982 Icon Music)
«I Could Forget Myself», , EP, (1983 Icon Music)
«Another Empty Face», EP, (1984 – Icon Music)
«Into The Outside», Single, (1984 – Icon Music)



Fonte: Site Oficial, Blog Phoenix Hairpins, Blog Cactus Mouth Informer, Blog Kill Your Pet Puppy

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Secession

Glasgow, Escócia

(1983 - 1987)

Membros:

Peter Thomson, Carole Branston , Charlie Kelly (voz),
Peter Thomson, Carole Branston (teclas),
Charlie Kelly (sintetizadores, percussão),
J.L. Seenan (James Seenan), (baixo).

Discografia:

«A Dark Enchantment LP/CD», Siren Records, 1987
«Betrayal», (7"), The Garden Label, 1983
«Touch», (7"), Beggars Banquet, 1984
«Fire Island», (7"), Beggars Banquet, 1984
«Michael»,(7"), Siren Records, 1986
«Promise»,(7"), Siren Records, 1987
«The Magician»,(7"), Siren Records, 1987
«Sneakyville», (7"), Siren Records, 1987
«Radioland», (7"),Siren Records, 1987



Fonte: Discogs,Blog System of Romance,Blog Phoenix Harpins,Blog Tears and Dreams,Blog New Romantic Rules,Blog NoiseBox

domingo, 24 de abril de 2011

League Of Nations

LA, Califórnia, USA

(1983-1984)

Membros:

Laurie Jean (bateria, ritmos, programação),
David Sinfield (piano, sintetizador, voz).

Discografia:

«Music For The New Depression», Glaze Recordings, 1984
«Untitled», 12", Taursus Records, 1982



Fonte: Discogs, Blog Mutant Sounds, Blog System of Romance

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Isolation Ward

Bruxelas, Bélgica.

(1979 – 1983)

Membros fundadores:

Jean Pierre Everaerts (baixo),
Stephane Willocq (guitarra),
Thierry Heyndericks (teclas, voz, trompete),
Etienne Vernaeve (bateria).

Outros membros:

Nathalie Bourlard, Anne Kinna (Nanou), Sylvie Honnay, Niki Mono, Eric Vanhoutte e Jerry WX.

Discografia:

«Lamina Christus», 7”, 1982, Radical Records, France Crepuscule Section Francaise/Radical RAD 008
«Absent Heart», 12”, 1983, Les Disques du Crepuscule
«Point Final», K7, 1984, Présence
«Point De Départ», K7, 1984, Présence



Fonte:Blog Ageless Day, Blog 7" from the Underground, Blog Bummerfest

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Dueto Iggy Pop e Kate Pierson

Uma das minhas musicas preferidas do Iggy Pop, "Candy", do álbum «Brick by Brick». Um dueto com Kate Pierson dos B-52's, foi lançada como o segundo single do álbum em Setembro de 1990.


terça-feira, 19 de abril de 2011

The Preachers of Neverland

Suécia

(1990 - ?)

Membros:

N. Vincent (guitarra e voz) Nick Holmquist, (ex - Mix 1009);
P. Ashman (guitarra) Patrik "EPA" Akterhall, (ex - The New Psychos);
C. Deerman (baixo) Christer "Crille" Rylander, (ex - Travelstone);
A. Swans (guitarra) Anders "Svesse" Svensson, (ex - The Naked and the Dead);

Banda Sueca de Gothic Rock fundada em 1990. Claras influências de Fields of the Nephilim e Sisters of Mercy.

Discografia:

«The Artificial Paradise», (CD, Album), Preachers Cath, 1995
«Autoskopia», (12", EP), Preachers Cath, 1992
«Incision», (CD, Single), Preachers Cath, 1993



Fonte: Blog Hidden Pleasures, Blog Gothic Rock, Lastfm

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Dueto Virginia Astley e David Sylvian

Primeira faixa do álbum «Hope in a Darkened Heart» de Virginia Astley de 1986.
Musica "Some Small Hope", "Don´t loose hope" é o que todos precisamos....

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Dueto Peter Murphy e Trent Reznor

Dois artistas que nunca é demais ouvir....
Peter Murphy e Trent Reznor numa versão do Iggy Pop "Night Clubbing "

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Soror Dolorosa

Toulouse, França.

Membros:

Hervé Carles - baixo,(ex Funeraell),
Frank Ligabue - guitarra - até 2003,(ex Funeraell),
Christophe Guenot - voz, (ex Funeraell),
Andy Julia - bateria, (Nuit Noire, Mutiilation, Peste Noire, Celestia, Darvulia, Fornication)
Emey - guitarra - apartir de 2003 (ex Contrast, Unscarred).

Formados em 2001, Herve escolheu o nome da banda de um romance intitulado Bruges-la-Morte de 1892, do escritor Flamengo Georges Rodenbach. “Soror Dolorosa” significa “Irmã cheia de pena (em dor)” em Latim.
Em 2003 gravou uma demo que não chegaram a lançar pois o alinhamento do banda mudou com a chegada de Emey (ex Contrast, Unscarred ...) que substituiu Frank na guitarra.
Gravaram uma nova demo em 2005 que não foi publicada também pois depois de alguns concertos separaram-se em 2005.
Em Agosto de 2007 voltaram com um novo alinhamento na banda, (alinhamento actual). Um mês depois, baseando-se nas musicas escritas pelo baixista Charles Herve, a banda gravou a 3ª demo não publicada que claramente tinha influências de grupos como Christian Death, Bauhaus, e The Sisters of Mercy.
A partir desta altura a banda conseguiu uma nova identidade e as musicas passaram a ser escritas por 4 elementos da banda.
O EP com 6 faixas, «Severance» foi lançado em 2009 pela Todestrieb Records. Ao mesmo tempo e através da ajuda de Neige (Amesoeurs, Alcest), a banda entrou em contacto com a Northern Silence Productions através da qual editaram através da sua sub-editora, Beneath Grey Skies, o álbum «Blind Scenes » de 2011.
Pelas palavras da banda: "The album is quite cold, with misty blue moods. 'Blind Scenes' would rather be perceived as scenes unseen, that is to say, out of time and out of the real world. As a state of grace overshadowed by the inevitability of everyday life. The lyrics are heartfelt and talk about regrets, coldness, alcohol abuse, as well as forfeiture, but mostly nostalgia, hence the blue color of the music."
Soror Dolorosa aparece hoje como uma banda com claras influência dos anos 80. Andy, o baterista, está marcado pelo Black Metal e Metal em geral mas também gosta de Human League, Fields of the Nephilim ou dos últimos álbuns dos Ulver's. Herve é um grande fã dos Cure, Depeche Mode e Christian Death. As suas musicas claramente vão na direcção do Gothic/Death Rock e Cold Wave.

Discografia:

«Severance», Todestrieb Records, 2009
«Blind Scenes», Beneath Grey Skies, 2011



Fonte: Site Northern-Silence Produtions, Blog Urban Disease, Blog We Love Music

quinta-feira, 31 de março de 2011

Dueto Adrian Borland e I.V. Webb

O GRANDE Adrian Borland (The Sound) num dueto com I.V. Webb, musica "When Can I Be Me" do álbum «Cinematic» de 1995.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Dueto Blixa Bargeld e Meret Becker

Musica"Stella Maris" do álbum «Ende Neu» («Ending New») de 1996 dos Einstürzende Neubauten. Dueto entre Blixa Bargeld e a cantora Meret Becker, na altura casada com Alexander Hacke.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Christabel Dreams

Roma, Itália.

(2005 - Presente)

Membros:

Christian Gatti (voz),
Federico Viola (guitarra),
Emma Viola (baixo e programação),
Andrea Cruciani (bateria).

O primeiro trabalho desta banda, «Christabel Dreams» foi lançado em 2007, quatro musicas que mostravam claramente as influências New Wave e Gótica dos 80's.
Durante esse ano ainda a banda participou num concerto em Roma que foi responsável para o reconhecimento da banda através de revistas e Webzines.
Em 2008 as musicas "Life That Never Was" e "Candlelight" foram incluídas em algumas compilações internacionais. Ao nível de concertos ao vivo, fizeram a 1ª parte de bandas como Cinema Strange e Red Zebra. Em 2009 partilharam o palco com bandas bastante conhecidas como The Frozen Autumn e Sex Gang Children's.

Discografia:

«Christabel Dreams», CD, Christabel Dreams Self-released, 2007
«The Broken Toy», (CD, EP), Christabel Dreams Self-released, 2009



Fonte: Discogs, Blog Imaginary Dark

segunda-feira, 21 de março de 2011

Frank (Just Frank)

Paris, França.

Membros:

Chris (Anthem),
Kirti (KD).

Chris é de New Jersey e Kirti de Nice, conheceram-se numa Escola Internacional na Riviera Francesa. Numa entrevista dada pelos FJF à Fact Magazine, Kirti falou um bocado a sua musica e a banda.

“We met in school in the south of France as young teenagers, and bonded over a shared interest in what we considered ‘extreme music’. It started with simple rock and metal bands, but rapidly turned towards death and black metal, of which there was a strong scene in the area where we grew up, and in parallel also post-punk and 80s pop. I think the blending of these two currents led us to Frank (Just Frank); we thought there was an almost visceral energy in post-punk which resonated well with the musical approach of extreme metal bands. Frank (Just Frank) basically just started with the intention of playing dreamy post-punk inspired by Depeche Mode and The Cure, but with a ‘no compromise’ approach borrowed from underground metal.
‘Brutal wave’ was coined for the reasons I’ve just outlined: ‘brutal’ is a prefix derived from the metal vocabulary, one used to describe the sound of bands putting a bigger emphasis on the the ‘extreme’ aspect of their sound – hence metal fans will make a difference between death metal / black metal / grindcore and brutal death / brutal grind. This jargon, and an understanding of the musical nuances it described, was like second nature to us when we grew up: the fact that Deicide was death metal as opposed to Cannibal Corpse which was brutal death, was the kind of self-evident fact that we based our early musical knowledge on. Since we were trying, with Frank (Just Frank), to play post-punk (i.e. ‘wave’ music) with this underground metal edge, the term ‘brutal wave’ came very naturally.”

Discografia:

«The Brutal Wave», (CD, Album), Wierd Records, 2010
«Split» - Frank (just Frank) / Soviet Soviet, (12"), Mannequin, 2010


Fonte: Site Stereogum, Blog ZomeSounds

quinta-feira, 17 de março de 2011

Dueto Andi Sex Gang & Marc Almond

Andi Sex Gang vocalista dos Sex Gang Children e Marc Almond vocalista dos Soft Cell.
Musica "Hungry Years" presente na compilação «Gothic Rock 3 - Black On Black» de 1998.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Dueto Bryan Ferry e Antony Hegarty

Musica "Lowlands Low" do álbum «Rogue's Gallery: Pirate Ballads, Sea Songs, and Chanteys» de 2006.


domingo, 6 de março de 2011

Leningrad Sandwich

Alemanha

Membros:

Dimitri Hegemann/Dimitri Leningrad (baixista),
Piers Headley (teclista, baixo),
Annie Lloyd (voz),
Charles Lees (bateria),
Pilot Leon Neon (guitarra).

Ex -membros:

Mike Leningrad (voz no 1º álbum),
Johnny Leningrad (guitarra no 1º álbum),
Charlie Honkong (bateria no 1º álbum).

Discografia:

«Go East», (LP, Album), Up Records, 1980
«Heat», (LP, Album), Good Noise, 1982
«Steps», (LP, Album), Good Noise, 1983
«Priests And Petrol», (12", Album), Good Noise, 1985



Fonte: Blog Commercial Zone, Discogs

sexta-feira, 4 de março de 2011

The Breath Of Life

Bélgica

(1985 - presente)

Membros:

Isabelle Dekeyser (voz),
Benoît Sokay (baixo),
Didier Czepczyk (guitarra e programação), desde Abril de 2001,
Giovanni Bortolin (teclas e violino),
Marc Haerden (bateria), desde Agosto de 2006.

A sonoridade que conhecemos hoje começou em 1989, passado 4 anos com a saída do baterista original e os 4 elementos restantes Isabelle Dekeyser (voz), Philippe Mauroy (guitarra, teclas e programação), Giovanni Bortolin (teclas e violino) e Benoît Sokay (baixo) tomaram a decisão de começar a usar uma caixa de ritmos o que se traduziu numa mudança na sua musica. Em 2001 Philippe Mauroy deixou a banda e foi substituído por um amigo, Didier Czepczyk.
No seu 20º aniversário em 2005 para além da participação num festival no Luxemburgo juntamente com os And Also the Trees, Clan of Xymox entre outros, assinaram com a editora berlinense, Dark Wings. O seu 6º álbum saiu assim em Maio desse ano intitulado «Everlasting Souls».

Discografia:

«The Breath Of Life», (Cass, Album), Not On Label, 1990
«Painful Insanity», (CD, Album), Big Bang Records, 1992
«Taste of Sorrow», (CD, Album), Hall Of Sermon, 1994
«Lost Children», (CD, Album), Hall Of Sermon, 1995
«Sweet Party», (CD, Album), Hall Of Sermon, 1998
«Silver Drops», (CD, Album, Promo), Hall Of Sermon, 2000
«Everlasting Souls», (CD, Album), Dark Wings,2005



Fonte: Site Oficial, Blog Imaginary Dark, Discogs

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

European Toys

Inglaterra.

Membros:

Séan McQuaid,
Peter Clarke,
Andy Stevens,
Tosh McQuaid,
Mark Halloway,
Liam.

Discografia:

«Nine Men Applauding», (LP, Album), Backs Records, 1985
«Korea», (12"), Backs Records, 1984
«I Am Creator», (7"), Subversive Records, 1983



Fonte: Blog A Viable Commercial, Discogs

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

L’Orchestre Noir

Inglaterra.

Membros:

Tony Wakeford,
Eric Rogers,
Nathalie Van Keymeulen,
Sally Doherty,
Céline Marleix-Bardeau.

Projecto criado por Tony Wakeford (Soul Invictus) como uma maneira de transpor o seu gosto pela música clássica e composições de bandas sonoras. Lançaram o 1º álbum em 1997 e «Eleven» em 1998, ambos pela editora criada por Wakeford, Tursa. Em 2006, Wakeford mudou o alinhamento e nome da banda para Orchestra Noir.

Discografia:

«Eleven», Tursa, 1998
«Cantos», Tursa, 1997



Fonte: Blog We March In Line, Discogs

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Der Mittelgang

Vancouver, Canada.

Membros:

Gord martin (baixo e vozes),
Roger Graigs (bateria),
Paul Garrison (guitarra).

Discografia:

«Rituals», (7", Single, Ltd), Primitive, 1986



Fonte: Blog Tears and Dreams 7" & 12", Discogs

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Dass

Alemanha

Membros:

Stefan Dierks (baixo, programação),
Zoltan Bickel (guitarra, teclas),
Björn Böhmelmann (voz, sintetizador, guitarra, piano, programação),

Discografia:

«Nach Uns...», (7", Ltd), Not On Label, 1990
«Songs From Beyond», (Cass, Ltd, 2nd), (Dass Self-released), 1990



Fonte: Blog Lethal Injection, Blog Fritz die Spine, Discogs

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Dueto Ecchymoze e MéluSine

Clip vídeo d'Ecchymoze & MéluSine "Mon vieil ami"
Palavras : Ecchymoze
Musica e arranjos : Jean-François Breteau
Realização : Jean-François Breteau

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

The Hands of Cain

Atenas, Grécia

(1983 - 1985)

Membros:

Costas Papakitsos (teclas),
Dimitris Chorianopoulos (voz, letras e baixo),
Dimitris Stamatiou (guitarra),
S. Adam (Spyros Floros) (bateria).

Banda formada em 1983 e separaram-se em 1985. S. Adam foi o fundador da banda punk Ausschwitss que teve bastante sucesso na cena darkwave grega na altura e mais tarde esteve nos Film Noir. Os Hands of Cain não tiveram tanto sucesso como os Ausschwitss mas conseguiram uma legião de culto ao ponto de conseguirem editar um álbum passado mais de 20 anos com as suas musicas da altura.

Discografia:

« The Only Sound», (LP + 7", Whi + , Ltd), Anna Logue Records, 2009



Fonte: Discogs, Site Tribe 4 Mian

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Dueto Anik Jean e Robert Smith

Musica "J'aurai tout essayé "

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Dueto David Bowie e Frank Black

Dueto David Bowie e Frank Black "Scary Monsters" na festa de aniversário dos 50 anos do Camaleão.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

The GraveFest

Melhor festa do mês de Março, The GraveFest!
Festival comemorativo dos 5 anos das Graveyard Sessions.

18 a 20 de Março, Caixa Económica Operária, Lisboa.

Bandas:

* La Chanson Noire (Pt)

* Phantom Vision (Pt)



* Los Carniceros del Norte (ES)



* Charles de Goal (FR)



* Joy Disaster (FR)



* Winter Severity Index (IT)



* Espelho Mau (PT)

Depois da festa:

M for Murder ?
DJane: Lena Kat
DJ: Serotonin

Guest DJs:
DJ: Exael
DJ: Carlos Matos
DJ: Exploding Boy

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

domingo, 9 de janeiro de 2011

Cold Dance

Hull, Inglaterra.

Membros:

Stuart Hodgson (baixo e sintetizador),
Kevin Hunter (bateria),
Tim Arundell (guitarra),
Tim Harrison (percursão),
Diane Dubois (voz).

Discografia:

«No Glamour In Industry», (7", EP), Xcentric Noise Records, 1984
«Medusa», (7"), Xcentric Noise Records, 1985



Fonte: Discogs, Blog Phoenix Hairpins, Blog 7" from the underground

Quel Dommage

Hull, Inglaterra.

(1983 – 1986)

Membros:

Mike Farnill (baixo, voz),
Dave Lofts (bateria),
Ian Muir (teclas),
Tommo (guitarra).

Discografia:

«Bright Lights», (7"), Xcentric Noise Records, 1984



Fonte: The Punk Noise Page, Blog Phoenix Hairpins, Discogs

sábado, 8 de janeiro de 2011

To you, Peter

“Love, come wing your way
Sweet bird of passage, come home to stay
Love, come wing your way
Sweet bird of passage, come home to lay with me
May you stay with me forever
Forever, forever, forever”

"Bird of Passage" do álbum «Grains Of Sand» de 1990.

“I can feel your heartbeat
I can feel your hand
I can feel your fingers dancing down my spine
I give myself to you heart and soul
flesh and blood for ever more”

"For Ever More" do single «Beyond the Pale» de 1988.

“I'm not scared anymore
I'm not scared of the dark when I sleep with you
And I'm feeling alive
And I'm feeling strong again when I'm with you
And it hits me
Just like a runaway train
And it blows me away
Just like a hurricane
You can make me happy and I hope you feel the same
You make me feel just like a child, a child again"

"Like A Child Again" do single «Like A Child Again» de 1992.

“You are the hand that leads me through the
Night, you are the heaven's most beautiful and
Brightest star
Yes, I believe in you
I wanna lose myself, lose myself in you”

"Lose Myself In You" do album «Neverland» de 1995.

“Love is real, real is love
Love is feeling, feeling love
Love is wanting to be loved
Love is touch, touch is love
Love is reaching, reaching love
Love is asking to be loved
Love is you, you and me”

"Love" do álbum «Grains Of Sand» de 1990.

“Love me to death
Love me to death
Love me to death, my flower
Love me to death, my treasure
Run bare fur through my hair
Dance wild on my heart
Love me to death, my precious
Love me to death, my love
Tarnish, taint and punish me softly
Softly love me to death
Love me to death”

"Love Me to Death" do album «Gods Own Medicine» de 1986.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Broken Tables

Canadá.

Membros:

John Vintar (baixo),
Rod Garratt (guitarra, voz),
Alan Vintar (bateria, sintetizadores, vozes).

Banda Canadiana que iniciou a actividade em 1983. Só se encontra alguma informação sobre um maxi-single com duas musicas excelentes.

Discografia:

«The Ruins / Image Of You», Vinyl, 12", 1984



Fonte: Blog Tears and Dreams 7" & 12"», Discogs

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Dueto Korn e Robert Smith

Musica dos The Cure «In between days», do álbum «The Head on the Door» de 1985.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Ding An Sich

Atenas Grécia

Formados em 1987 a formação original era Nick Sari Kostas (baixo), George Polizos (bateria) e Takis Merekos (voz e guitarra) que foi substituído por Dimitris Papalakis antes de gravarem o primeiro single.
Em 1989 lançam o 1º single e em 1990 Vagelis Bekonopoulos juntou-se ao grupo como teclista e Dimitris Papalakis é substituído por Tasos Nomikos na guitarra. Entre 1988 e 1991 a banda gravouas faixas que compoem o seu 1º album completo que mais tarde viria a ser lançado, «Old As Forever...New As Tomorrow». Uma nova era começou no grupo na década de 90, entre 1993 e 1996. A formação da banda era agora constituída por Mary Batistatou (voz), George Ginis (vários efeitos), Nick Sari Kostas (programação e teclas).

Discografia:

«And....... /Wandering...», (7"), Terra Incognita Corporation, 1989
«The Wanderer And His Shadow», (CD, Album), Penguin, 1995
«Old As Forever...New As Tomorrow», (CD, Compilation), CAPP, 2000



Fonte e mais informações: Lastfm, Blog Return To The East, Tribe4mian's Weblog