sábado, 10 de outubro de 2009

The Chameleons

Formaram-se em 1981, Manchester, Inglaterra.
Membros:
Mark Burgess (voz e baixo),
Reg Smithies (guitarra),
Dave Fielding (guitarra),
John Lever (bateria).

Com um estilo post-punk um pouco diferente das bandas da sua época, os The Chameleons também tinham alguma influência do chamado rock electrónico da década de 80.

Foi em 1983 que lançaram o seu primeiro álbum de estúdio intitulado «Script of the Bridge» , que acabou por não ter grande sucesso em termos de vendas. Apesar disso este álbum é elogiado pela crítica musical e por muitos fãs dos Chameleons, é considerado um verdadeiro clássico. Deste álbum destaque para as faixas "Dont Fall", "Here Today", "Monkeyland", "Second Skin" e "Up the Down Escalator".
«What Does Anything Mean ? Basically» foi o segundo álbum da banda lançado em 1985. Neste álbum os The Chameleons usaram a mesma fórmula do seu primeiro álbum, e os destaques vão para as faixas "Silence", "Sea and Sky", "Perfume Garden", "On The Beach" e "Nostalgia" , tendo recebido excelentes críticas.

Em 1986 viria o terceiro álbum de originais da banda. Aquele que podemos chamar uma verdadeira obra-prima chamada «Strange Times». Desde "Caution" , passando por "Soul in Isolation" , e acabando em "Tomorrow Never Knows". (Está simplesmente genial!)

Em 1986 os The Chameleons terminam, após a morte do seu manager Tony Fletcher.

De 1986 a 2001, os membros da banda seguem projectos a solo: Burgess e Lever com os Sun and the Moon, e Smithies e Fielding nos The Reegs. Neste período de quinze anos, apenas são editados álbuns de concertos ao vivo.
Em 2001, reúnem-se e lançam um novo álbum de originais, Why Call It Anything ?. Até 2002, ano em que de novo se separam, efectuam diversos concertos pela Europa e Estados Unidos.



Discografia:
«Script of the Bridge» (1983)
«What Does Anything Mean? Basically» (1985)
«Strange Times» (1986)
«Strip» (2000)
«Why Call It Anything?» (2001)
«This Never Ending Now» (2002)

Fonte: Wikipedia, Blog Best Kept Secrets

Música "Tears" - Versão acústica

Site Oficial

Sem comentários:

Enviar um comentário